ALECOSA, tecnologia com meios próprios.
Com a sua experiência tecnológica é capaz de resolver qualquer novo desafio que lhe peça o mercado.
ALECOSA cresceu graças aos seus contínuos projectos de I&D para a consecução de novos produtos, processos e assim poder solucionar todas as solicitações industriais que eram detectadas no mercado. Os arames de ligas binárias cobre/zinco não têm um consumo suficiente como para que os fornecedores habituais de tecnologia estejam demasiado interessados em desenvolver novas técnicas.
I + D
ALECOSA desenvolveu ao longo dos anos diferentes projectos de I+D para optimizar os seus processos produtivos, fabricar novos produtos e melhorar continuamente a qualidade dos seus arames. Já a partir de 1996 começaram-se diferentes projectos para optimizar os dois processos mais destacáveis do ciclo produtivo: a fundição em contínuo e a recristalização em contínuo. Fruto destes projectos é a planta produtiva inaugurada no ano 2005 e que permite a ALECOSA situar-se na vanguarda na produção de arames em ligas binárias de cobre e zinco.
Fundição contínua
ALECOSA foi pioneira ao implantar já em 1967 o sistema de fundição em contínuo para latão, quando a tendência do mercado nesse momento era produzir este material com o sistema de extrusão. ALECOSA comprometeu-se em solitário ao desenvolvimento da fundição em contínuo a fim de obter um arame de uma qualidade muito melhor e mais homogénea. E isso especialmente para ligas com um conteúdo em cobre inferior a 64%, a fim de poder oferecer aos seus clientes um arame de grande qualidade a um preço mais competitivo.
Logística inversa
ALECOSA enfrentou com decisão o desafio de produzir de maneira ecoeficiente, consciente da importância da conservação do Meio Ambiente e adequou o seu processo produtivo eliminando qualquer emissão à atmosfera, minimizando o consumo de água e de energia e reduzindo a zero os resíduos de produção. Para completar a sua aposta pela produção sustentável, ALECOSA compromete-se à recuperação dos resíduos e subprodutos produzidos pelos seus clientes, integrando-as de novo no processo de produção do arame e fechando assim o ciclo produtivo.
Trefilagem e arames recobertos
Graças à aplicação das mais modernas tecnologias no âmbito da trefilagem, ALECOSA está na disposição de satisfazer as mais altas exigências a nível de qualidade superficial do arame, permitindo garantir parâmetros de rugosidade Rmax 5 micras e Rz 2.5 micras. A sua dedicação exclusiva ao arame de latão permite-lhe produzir um produto à medida de cada cliente, respeitando as suas especificações técnicas e requisitos particulares. A nova secção de arames recobertos pode satisfazer qualquer nova solicitação industrial ao cumprir os mais estritos controlos de qualidade e incorporar os mais avançados sistemas de produção.
Tamanho de grão e recristalização
Consciente da importância da idoneidade do tamanho do grão para a obtenção de um produto de alto rendimento produtivo, ALECOSA centrou grande parte dos seus esforços no estudo dos parâmetros e as variáveis que intervêm na recristalização. A homogeneidade do tamanho de grão dos seus arames permitem utilizá-los em aplicações nos quais estes estão submetidos a deformações extremas.
Aplicações de produto
Devido à sua boa resistência à corrosão, as suas boas propriedades mecânicas e ao seu bom comportamento em frio os arames de ALECOSA utilizam-se para uma grande variedade de produtos finais: desde qualquer aplicação para estampagem em frio até aplicações na indústria electrónica. O seu departamento técnico está sempre à disposição dos seus clientes e colabora activamente com eles assistindo-os na melhora dos seus produtos e dos seus processos, procurando dar sempre resposta aos novos pedidos que são exigidos pelo mercado.